quarta-feira, 27 de abril de 2011

Eu, todavia, não Me esquecerei de ti.

Pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de modo que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse, Eu, todavia, não Me esquecerei de ti.

Isaias 49:15

Um bebê de apenas 10 dias foi achado em uma sacola plástica, dentro de uma caçamba de lixo na Praia Grande, litoral paulista. A criança foi achada por acaso na caçamba, instalada na frente de uma escola, por um catador de lixo. O homem pediu ajuda na escola para socorrer o bebê, que passa bem e foi encaminhado a um hospital do município. A polícia tenta identificar a mãe da criança.

O que dizer desta noticia que foi manchete de todos os jornais nos últimos dias, uma atitude desumana, falta de amor, depressão pós- parto, anuncio dos fins dos tempos, por mais que venhamos a buscar motivos e justificativas para tal ato não a encontraremos e nada que a mãe venha a nos dizer nos deixará convencido. Quando olhamos para a Palavra de Deus, nos deparamos com um texto no livro do profeta Isaias que traz um questionamento: “Pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de modo que não se compadeça do filho do seu ventre?” Se não lermos a manchete dos jornais podemos até declarar que isso é impossível, que de forma alguma uma mãe teria coragem de um ato assim, não é algo normal mais é algo possível, o texto não fala de uma mãe adotiva mais sim de uma mãe biológica, aquela que gerou uma criança durante nove meses e que no período de amamenta-lo o abandona como esta mãe dos jornais. A criança foi abandonada pela mãe mais não foi esquecida por Deus “Mas ainda que esta se esquecesse, Eu, todavia, não Me esquecerei de ti”, que enviou um homem que com a ajuda de outros socorreu essa criança e com isso dando a ela uma oportunidade de uma nova vida.

Com toda tristeza que o nosso coração possa ter nutrido por essa noticia, sabemos que como na vida desse bebê o abandono, acontece também em nossa vida, a situações em que somos deixados de lado esquecidos, lançados fora, nos sentindo abandonados por pessoas que amamos pessoas que são tão importantes em nossas vidas, pessoas que tem até o compromisso de cuidar de nós, não é normal mais pode acontecer, saiba que se isso acontecer há um Deus no céu que não se esquecerá de ti, como enviou ajuda ao bebê, enviara ajuda para ti.

Tenha um Bom dia

Que Deus os Abençoe!

                                                                                                                                Pastor Sebastião Luiz

Louvor, Adoração e Palavra

Loading...